quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Guamaré (RN): Adriano abre caminho para concorrer reeleição em 2020


A Justiça Eleitoral negou o seguimento ao recurso especial e determinou que a decisão de primeira instância que cassou o mandato da chapa do prefeito de Guamaré (RN) Adriano Diógenes acusado por abuso de poder econômico e político e conduta vedada em benefício da sua candidatura na eleição suplementar de 2018, seja reformulada. Com a decisão, Adriano abre o cainho para a sua reeleição.


Nenhum comentário:

Postar um comentário