quinta-feira, 30 de abril de 2020

Aumento dos casos de coronavírus em Mossoró chega a 40%; município registrou 13º óbito


Mossoró registrou um aumento de cerca de 40% no número de casos confirmados de Covid-19, segundo dados dos boletins epidemiológicos do Município e da Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP RN) de ontem, 28, e hoje, 29. A cidade passou de 117 para 164 confirmações.
O Município registrou o 13º óbito com confirmação da doença. De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Mossoró, o caso é referente a uma pacientes de 55 anos, com diabetes e hipertensão que morreu ontem, 28, em um hospital público da cidade. Mossoró é a cidade com maior número de óbitos com confirmação de coronavírus no Rio Grande do Norte.
Com relação ao crescimento de casos confirmados, o município apresentou percentual superior ao registrado pelo Estado, que foi de 26,7% no mesmo período (o Rio Grande do Norte passou de 857 para 1.086 casos confirmados). Com isso, Mossoró atinge uma taxa de incidência por grupo de 100 mil habitantes de 55,8. Em 23 de abril essa taxa era de 36.
Dados dos boletins epidemiológicos também mostram o número de casos descartados – 284 (ontem havia 174).  A cidade tem 276 casos suspeitos.
Em entrevista coletiva realizada na manhã de hoje em Natal, ao comentar a variação de números no RN, o secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, afirmou que o crescimento de casos confirmados e descartados se justifica pela realização dos testes rápidos, que passaram a ser realizados nos municípios.
Explicação semelhante foi dada pela Prefeitura de Mossoró em seu perfil em uma rede social. “O aumento significativo do número de casos descartados, confirmados e curados se atribui ao aumento de testes diários conseguido pelo município, o que retrata quadro mais real da pandemia da cidade a partir de agora”, afirmou.
Recuperados
Uma boa notícia é que o número de pessoas recuperadas aumentou e  hoje chega a 83. Ontem o boletim epidemiológico da Prefeitura de Mossoró informava que havia 63 pacientes curados.
Blog do Barreto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário